Endometriose

Loading
Carregando..

Tratamento Auxiliar - Família

São poucos os estudos que relacionam a nutrição á endometriose. Sabemos que uma dieta adequada é importante para todos e naquelas com endometriose algumas particularidades são relevantes.

Atualmente vivemos numa constante balança, tentando “equilibrar os pratos” nos relacionamentos sociais, profissionais, conciliando todas as tarefas e funções diárias.

Com freqüência, na correria do dia-a-dia acabamos deixando algumas tarefas para depois, mas, muitas vezes, a “tarefa” que postergamos é o cuidado com a nossa alimentação, que interfere diretamente na nossa saúde.

Surge, então, mais um prato que precisamos equilibrar.

De um lado colocamos a alimentação (fonte de vitaminas, minerais, antioxidantes, fitoquímicos,...) e do outro, colocamos nosso estilo de vida e situações do dia a dia (stress, poluição, ansiedade, medos, sedentarismo, tabagismo, etilismo, consumo de alimentos industrializados,...).

Nossa saúde depende do peso que depositamos em cada prato da balança. A balança desequilibrada, como na imagem acima, está associada com o aumento no stress oxidativo do organismo, com aumento nos radicais livres circulantes, que no caso da endometriose pode levar à dor, com processo inflamatório instalado.

É importante que a mulher com endometriose procure ingerir, diariamente, alimentos fonte de vitaminas e mineral, principalmente: frutas, verduras e legumes, com destaque às frutas vermelhas (cereja, mirtilo, morango, framboesa, açaí), abacate, kiwi, goiaba, maracujá, limão; castanhas (do Brasil, amêndoa, noz) e sementes (girassol, abóbora). Peixes, cereais integrais e grãos (feijão, ervilha, lentilha e grão de bico) também devem estar presentes Devemos buscar sempre o equilíbrio, tentando minimizar os efeitos negativos do nosso dia a dia, investindo numa alimentação bem rica em nutrientes, com pratos coloridos, repletos de verduras e legumes, além de atentar ao consumo de frutas, alimentos integrais, sementes e castanhas.

Recomenda-se que a paciente com endometriose procure se alimentar a cada 3 horas, sempre se lembrando de ingerir frutas variadas, por sua ação antioxidante e por ser fonte de bioflavonóides, Associar uma alimentação equilibrada a um estilo de vida mais saudável, certamente vai ajudá-la a alcançar uma melhor qualidade de vida!

Gabriela Halpern
Nutricionista
CRN 3-8616